28
Jul 10

 

 

Ele conhece-a há uma eternidade e, contudo, ela nunca o viu. É como se fosse invisível para a mulher que ama. Mas ele vê-a a ela: o cabelo; a boca; o rosto pequeno e pálido; o casaco vermelho-vivo na neblina matinal, como algo saído de um conto de fadas.

 

Até agora, ele nunca se apaixonou. Assusta-o um pouco: a intensidade dessa emoção, a maneira como o rosto dela se intromete nos seus pensamentos, a maneira como os seus dedos traçam o nome dela, a maneira como tudo, de algum modo, conspira para que ela nunca lhe saia da cabeça…

 

Ela não sabe de nada, claro. Tem um ar muito inocente, com o seu casaco vermelho e o seu cesto. Mas por vezes os maus não se vestem de preto e por vezes uma menina perdida na floresta é bem capaz de fazer frente ao lobo mau…

 

“Todos gostámos de Chocolate e o novo thriller de Joanne Harris possui a mesma beleza com um toque moderno. Um relato sombrio e intricado.”

Company


“Magnífico e por vezes dilacerante… Com uma poderosa reviravolta final.”

The Times


“Verdadeiramente arrepiante.”

Daily Express


“Maravilhosamente escrito… Uma leitura enriquecedora.”

The Guardian

publicado por Rita Mello às 16:08

comentário:
Eu adoro os livros da Joanne Harris, sou do porto e gostaria de saber como não vou ter hipóteses de ir a lisboa se conseguiriam arranjar-me um livro autografado por ela. Obrigado.
Ana Isabel Sousa Santos Bento a 12 de Setembro de 2010 às 16:06

pesquisar neste blog
 
links
Leitores
blogs SAPO